terça-feira, 15 de março de 2011

Capes seleciona 124 pesquisadores para pós-doutorado no exterior

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou na última quinta-feira (10), o resultado do programa de Estágio Pós-Doutoral no exterior. Serão contemplados, ao todo, 124 pesquisadores, que contarão com bolsa por um período de até 18 meses.

As atividades começarão entre maio e agosto de 2011. Foram selecionados cientistas de todas as áreas do conhecimento que atuam em atividade de docência e de pesquisa no Brasil. De acordo com a instituição, a proposta é contribuir para a inserção internacional desses pesquisadores, impulsionar o intercâmbio científico e abrir novas linhas de pesquisa de relevância para o desenvolvimento da área no país.(Com informações da Capes)

1st Brazilian BioEnergy Science and Technology Conference BBEST - resumos até dia 31

O 1st Brazilian BioEnergy Science and Technology Conference (BBEST) receberá até o dia 31 de março resumos de interessados em realizar apresentações orais e pôsteres. O evento é organizado pelo Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN).

As apresentações poderão ser feitas nas áreas de: Biomasssa, Tecnologias de Biocombustíveis, Alcoolquímica e Biorrefinarias, Dispositivos de Conversão, Integração de Processos e Sustentabilidade.

Os resumos podem ser submetidos pela internet no site do evento. Trabalhos selecionados serão publicados em uma edição especial do Global Change Biology Bioenergy Journal.

O BBEST, um dos maiores eventos no campo da bionergia já organizados no Brasil, ocorrerá de 14 a 18 de agosto de 2011 em Campos do Jordão (SP). Pesquisadores de diversos países estarão reunidos para apresentar as mais recentes conquistas científicas, bem como para discutir oportunidades de negócios e políticas para o setor.

Entre os palestrantes estão alguns dos principais pesquisadores e especialistas em bioenergia, como José Goldemberg (IEE-USP), Marcos Jank (Única), Carlos Henrique de Brito Cruz (FAPESP), Chris Sommerville (Universidade da Califórnia, Estados Unidos), Francisco Nigro (IPT), Jeremy Woods (Imperial College London, Reino Unido), Luuk Van Der Wielen (Universidade de Tecnologia Delft, Holanda), Richard Flavell (CERES, Estados Unidos) e Andre Nassar (Icone).

O BBEST ocorrerá no Campos do Jordão Convention Center, Av. Macedo Soares, 499, Capivari.

Fonte: Agência FAPESP

Unesp oferece curso multimídia de espanhol on-line

Unesp oferece curso de espanhol on-line
Neste semestre, a Universidade Estadual Paulista (Unesp) está oferecendo gratuitamente um curso de espanhol básico on-line aos seus alunos da graduação.

O curso tem carga horária de 60 horas-aula, é totalmente on-line e o próprio aluno poderá conduzir o seu aprendizado com base no conteúdo apresentado.

O material didático é composto de animações multimídia com áudio de nativos de diferentes países da América Latina e da Espanha, o que torna possível o aprendizado de diferentes sotaques. A proposta do curso está estruturada em dez módulos de seis horas de duração cada.

A apresentação do curso e a introdução ao espanhol constam no primeiro módulo. Já os demais são formados por três unidades didáticas de estudo, organizadas com base em um enredo animado, focado na comunicação e vocabulário, gramática, fonética e cultura.

Os interessados devem se inscrever nas vice-diretorias das unidades da universidade. Ao todo, são 1.814 vagas distribuídas pelos institutos e faculdades da Unesp.

A iniciativa é uma parceria da Pró-Reitoria de Extensão Universitária (Proex) com a rede de colaboração universitária ibero-americana Universia. Ao término do curso, será emitido um certificado de conclusão pela rede e também pela escola España Aqui, qualificada pela Universidade Pontifícia de Salamanca, com sede na Espanha.

Mais informações: www.unesp.br/proex

Fonte: Agência FAPESP

Brasil Profissionalizado - Orçamento ultrapassa R$ 300 milhões

Com recursos da ordem de R$ 320 milhões, o programa Brasil Profissionalizado, do Ministério da Educação (MEC), objetiva alcançar os Estados do Amazonas, Rio de Janeiro e Rondônia, além do Distrito Federal neste ano. Estas unidades são as únicas da Federação que ainda não aderiram à iniciativa que visa melhorar as redes estaduais de educação profissional.

"A primeira meta é terminar as obras em andamento e consolidar as ações em curso", disse o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Eliezer Pacheco. Os 23 Estados que já assinaram convênios com o ministério também podem apresentar novas propostas à medida que executarem os recursos repassados que somam R$ 1,5 bilhão.

Pelo programa, o governo federal investe recursos financeiros em reforma, ampliação, construção de escolas técnicas e aquisição de recursos pedagógicos. Pela iniciativa, 176 escolas técnicas serão construídas em todo o país. Destas, 22 já foram entregues. (Com informações do MEC)

Fonte: Gestão CT