sábado, 26 de março de 2011

UFPR e Petrobras inauguram laboratório

A Petrobras e a Universidade Federal do Paraná (UFPR) inauguraram na última quinta-feira (24) o Laboratório de Análise de Minerais e Rochas (LAMIR), no Campus Universitário Centro Politécnico, em Curitiba. Com 1 milhão de reais em investimento, o projeto inclui implantação de infraestrutura laboratorial e o desenvolvimento de métodos complementares de caracterização de rochas.

Entre as atividades do laboratório está o desenvolvimento de pesquisa para estudo e caracterização de rochas carbonáticas não convencionais, com a integração de uma série de técnicas analíticas, permitindo a aplicação de novas tecnologias à exploração de minerais e rochas em geral.

Segundo o gestor da Rede de Estudos Geotectônicos da Petrobras, Gilmar Vital Bueno, as parcerias que a Petrobras mantém com as universidades estão alinhadas com a política da empresa de fomentar o potencial científico e tecnológico na sociedade em que atua. “Aqui na UFPR temos a certeza da qualificação profissional e o potencial criativo que a instituição tem a oferecer para a Petrobras em benefício dos projetos científicos”.

O gestor ainda ressaltou a importância das universidades em formar mão de obra especializada para suprir gargalos operacionais e tecnológicos no ramo da pesquisa e desenvolvimento. “Com o crescimento da Petrobras, nossa expectativa é aumentar cada vez mais investimentos na área da ciência e tecnologia”.

Para o vice-reitor da Universidade Federal do Paraná, Rogério Molinari, a conjuntura brasileira vive um momento de grandes desafios. “Com a questão do pré-sal, da biologia molecular e outros grandes projetos, as universidades deverão se aproximar cada vez mais das indústrias e da sociedade para alcançar altos níveis de produtividade”.

O projeto do laboratório é uma parceria entre Petrobras, UFPR, Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e Fundação Universidade Federal do Paraná (Funpar).

No período 2006 a 2011, os contratos entre a Petrobras e as instituições de Ciência e Tecnologia (C&T) do Estado do Paraná totalizaram R$56,7 milhões. Destes, 36% voltados para implantação de infraestrutura laboratorial e 64% em projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). Nesse mesmo período, foram investidos cerca de R$ 19 milhões em 21 convênios contratados com a UFPR, entre projetos de infra-estrutura e (P&D).

Fonte: Agência Petrobras

Nenhum comentário: