segunda-feira, 28 de março de 2011

Ceunsp: Estudante desenvolve fresadora CNC de R$ 10 mil

Uma fresadora CNC capaz de usinar diversos tipos de materiais, como madeira, nylon, alumínio e até alguns aços doces - com menor teor de carbono. O desenvolvimento e produção desta máquina foi o trabalho de conclusão de curso (TCC) de Cláudio Luís de Oliveira, aluno de Mecatrônica do Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (Ceunsp), que mantém campi em Salto e em Itu (SP).

Com custo de produção estimado em R$ 10 mil, Oliveira já tem clientes interessados em adquirir a máquina com adequações para aplicações específicas.

O modelo desenvolvido para o TCC, sob orientação do professor Flávio Ramirez foi doado à instituição de ensino. Construído sobre uma base de MDF, o equipamento com três eixos, permite a usinagem de peças em 3D e até a fabricação de placas de circuito. Para construir o equipamento, o aluno desembolsou pouco mais de R$ 1 mil, porque ao procurar empresas para fazer orçamento dos materiais, acabava ganhando o apoio que precisava para construir a máquina. “Isso foi o mais interessante, pois o pessoal aderiu ao projeto espontaneamente”, afirma.

Entre as empresas que já encomendaram a fresadora está a Maqui Móveis, que encomendou uma unidade de menor porte. Outra encomenda é de uma empresa de joias, que pediu uma versão em escala menor.

Conforme Oliveira, um dos maiores desafios foi fazer com que os três motores de passo tivessem a precisão e o funcionamento correto. “Estava trabalhando com o Windows XP, mas o sistema perdia informações no decorrer do processo e também superaquecia. Cheguei a comprar alguns drivers, mas nenhum funcionava e até em Linux, mas aí teria que formatar qualquer computador que quisesse ser usado para isso. Foi quando conheci, através da internet, o proprietário da CNC Motion que me apresentou um driver para Linux que não exige isso e funciona perfeitamente com os drivers que tinha, sem aquecer os motores”, conta.

O equipamento doado à escola, segundo o professor Carlos Eduardo Hellmeister, será aplicado no trabalho de usinagem de peças em polímeros em geral, e também no ensino do CNC, pois é uma máquina programável. O professor informa que o protótipo desenvolvido por Oliveira tem a possibilidade de expansão. “Podemos implementar uma refrigeração para trabalhar com materiais ainda mais duros e com isso produzir outras máquinas.”

De acordo com o coordenador de Mecatrônica, César Daltoé Berci, a possibilidade de criar novos equipamentos é a grande vantagem da fresadora. “Se quisermos fazer um robô, podemos confeccionar braços e alavancas e também a placa de circuitos. Será um equipamento muito útil para todos os cursos de Engenharia do Ceunsp e também para outros, como os de Arquitetura e Design”, avalia. 

Fonte: IPESI

Nenhum comentário: