quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Política Nacional sobre Mudanças Climáticas é regulamentada

Foi publicado na última sexta-feira (10), no Diário Oficial da União, o Decreto nº 7.390, que regulamenta a Política Nacional sobre Mudanças do Clima (PNMC). A medida será integrada pelos planos de ação para prevenção e controle do desmatamento nos biomas e pelos planos setoriais de mitigação e de adaptação às mudanças climáticas.

A proposta é estabelecer no país uma economia de baixo carbono a partir da redução de 80% dos índices anuais de desmatamento na Amazônia, da expansão da oferta hidroelétrica e de fontes alternativas renováveis, como eólicas, entre outros pontos.

Fonte: Gestão CT

CNPQ: número de bolsas em 2011 crescerá 10%

O CNPq anunciou na última sexta-feira (10) que elevará em 10% o número de bolsas de mestrado e doutorado em 2011. De acordo com informações do órgão, serão 2 mil novas bolsas. Os benefícios serão concedidos aos cursos em forma de cotas, com um percentual mínimo direcionado para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

A distribuição das cotas obedecerá critérios como: o desenvolvimento de atividades em consonância com as diretrizes do Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional (Pacti 2007-2010), número de alunos sem bolsa e sem vínculo empregatício e localização regional, entre outros.

Os alunos interessados devem solicitar o benefício diretamente nas coordenações dos cursos em suas instituições. A duração da bolsa de mestrado é de até 24 meses e a de doutorado até 48 meses, improrrogáveis. Atualmente, 19.765 estudantes são beneficiados pelo conselho nessas duas categorias.(Com informações do CNPq)

Fonte: Gestão CT

Finep: divulgados os resultados de dois editais

A Finep aprovou 19 propostas para os editais 06 e 08 de 2010. As chamadas contemplarão projetos de pesquisa desenvolvidos por Organizações Estaduais de Pesquisa Agropecuária (Oepas) e na área de saneamento e habitação. Os recursos previstos para as duas iniciativas são da ordem de R$ 66 milhões.

O edital 06/10, que selecionou propostas para apoio a projetos nas áreas de saneamento ambiental e de habitação, aprovou seis projetos. Os recursos disponibilizados são da ordem de R$ 40 milhões, oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT).

Dentro da chamada 08/2010 foram aprovadas 13 propostas. A iniciativa destinará R$ 26 milhões para projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) que tenham como escopo o atendimento das demandas do agronegócio, com foco nas oportunidades econômicas e nas cadeias produtivas regionais.

Fonte: Gestão CT

Nova edição do Prime até o final do ano

A Finep confirmou no dia 9, em notícia publicada no seu site, que lançará até o final de 2010 uma nova edição do Programa Primeira Empresa Inovadora (Prime). A financiadora lançará uma carta-convite que selecionará as incubadoras que atuarão como operadoras descentralizadas em todo o país.

O programa entrou em operação no início de 2009 e tem como objetivo criar condições financeiras favoráveis para que um conjunto significativo de empresas nascentes de alto valor agregado possam consolidar com sucesso a fase inicial de desenvolvimento dos seus empreendimentos.

O Prime é voltado ao apoio de empresas inovadoras de base tecnológica que tenham até dois anos e estejam formalmente legalizadas e vai financiar empreendimentos que se destaquem pelo caráter inovador de seus produtos ou serviços. Cada projeto selecionado vai receber, inicialmente, R$ 120 mil em recursos não reembolsáveis, que serão aplicados na estruturação de planos de negócios e no desenvolvimento de novos produtos e serviços.

No ano passado, 3.154 empresas de todo o país se inscreveram no programa. Foram selecionadas 17 incubadoras em nove Estados, que atuaram como agentes operacionais descentralizados. Os três setores da economia mais presentes nas inscrições foram tecnologia da informação e comunicação (37,53%); atividades profissionais científicas e técnicas (19,48%); e indústrias de transformação (17,96%).

Fonte: Gestão CT

Foresight International Seminar: from theory to practice

CGEE realiza seminário "Foresight International Seminar: from theory to practice”

O Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) realizará, nos dias 16 e 17 de dezembro, em Brasília (DF), o seminário "Foresight International Seminar: from theory to practice”.

O encontro pretende facilitar a troca de experiências dos melhores especialistas nacionais e internacionais do campo da prospecção, principalmente com relação ao uso de métodos e ferramentas que apoiem a tomada de decisão no âmbito de organizações públicas ou privadas. O seminário também permitirá atualizar a visão crítica de como a atividade de foresight vem sendo abordada por outras instituições do Brasil e do exterior.

O idioma de trabalho será o inglês e as apresentações e os debates serão distribuídos em quatro painéis temáticos: Language and the communication styles required to address the interests and expectations of the client and involved stakeholders; The application of methods and tools to bring to the table out-of-the-box thoughts; How to organize the pre-foresight activities; The application of information and knowledge management tools.

A programação será transmitida em tempo real pelo site do CGEE

Fonte: Gestão CT

CNPq divulga o resultado de três editais

O CNPq publicou no site institucional o resultado de três editais. Tratam-se das chamadas 57, 60 e 61 de 2010, que juntas beneficiarão 46 projetos nas áreas voltadas para o fortalecimento da ciência, tecnologia e inovação (CT&I) do país.

O edital 57/2010 apoiará projetos no setor de genética clínica, voltados para a geração de novos produtos que dêem subsídio para a formulação e avaliação de ações públicas. A chamada selecionou 35 propostas.

Já a chamada 60/2010, que aprovou 10 projetos, apoiará propostas na área de biotecnologia, em nível de pós-graduação.

O edital 61 selecionou um projeto de pesquisa e desenvolvimento biotecnológico a ser desenvolvido no âmbito das atividades do Centro Brasileiro-Argentino de Biotecnologia (CBAB).

Fonte: Gestão CT

2º Seminário de Avaliação do Programa de Subvenção Econômica

Programa de Subvenção Econômica é avaliado

De 22 a 26 de novembro, a Finep promoveu o 2º Seminário de Avaliação do Programa de Subvenção Econômica. O encontro teve como objetivo avaliar a contribuição da iniciativa, que começou em 2006 visando a inovação nas empresas brasileiras e o desenvolvimento nacional.

De acordo com a financiadora, foi observado que os projetos de subvenção induziram as empresas a desenvolver a cultura da inovação, mas, de modo geral, ainda há falta de recursos humanos especializados no mercado.

O primeiro seminário que avaliou o programa foi realizado em novembro de 2009, com a participação de 23 empresas que haviam conduzido 27 projetos, sendo 22 do edital de 2006 e cinco do edital de 2007.

Para o segundo evento, a Finep convidou as 40 empresas cujos projetos haviam recebido integralmente recursos até 30 de abril de 2010. Deste total, quatro delas tinham dois projetos cada uma, somando assim 44 projetos oriundos dos editais 2006 e 2007.

As propostas são das áreas de software (17); defesa (10); bens de capital (4); nanotecnologia (4); energia (2); e desenvolvimentos relativos à TV digital (3). Os setores de segurança pública. biotecnologia, fármacos e medicamentos, e química participaram com um projeto cada.

As empresas se apresentaram individualmente para um grupo de técnicos da Finep e especialistas no tema. As apresentações, os questionários respondidos por cada participante e as avaliações realizadas pelos consultores externos e analistas da financiadora servirão de subsídios para definir indicadores que possibilitarão comparações quantitativas e qualitativas que integrarão o relatório do seminário.

Mais informações no link

Fonte:Gestão CT

Faperj: nova edição do Pronem

A Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) lançou edital para selecionar propostas para o Programa de Apoio a Núcleos Emergentes de Pesquisa (Pronem). Realizada em parceria com o CNPq, a iniciativa investirá cerca de R$ 20 milhões. A submissão das propostas poderá ser feita até 24 de fevereiro de 2011.

São considerados grupos emergentes os já estabelecidos ou em fase de implantação, liderados por pesquisadores com até dez anos de doutoramento, cujo núcleo seja constituído por ao menos três pesquisadores com linha de pesquisa comum ou complementar e com reputação técnico-científica reconhecida.

Para ser apoiado pelo edital, o grupo deve estar organizado para desenvolver projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação em temas relativos a prioridades do Estado e do Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional (Pacti 2007-2010).(Com informações da Faperj) 

Fonte: Gestão CT

Funcap: edital em parceria com agência francesa

A Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap) e o Instituto Nacional de Pesquisa em Informática e Automação (Inria), da França, lançaram edital para a seleção de propostas que tenham como escopo a realização de projetos conjuntos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I). As propostas podem ser enviadas até 1º de março de 2011.

Podem participar pesquisadores e especialistas que tenham vínculo empregatício com instituições de ensino superior ou centros e institutos de pesquisa do Estado. O apoio destina-se ao financiamento da mobilidade de cientistas, num aporte de R$ 150 milhões.

Os projetos terão o valor máximo de R$ 50 mil e deverão ter o prazo máximo de execução de 24 meses. Serão financiados passagens aéreas, diárias e seguro saúde. O resultado será divulgado na segunda quinzena do mês de abril.

Fonte: Gestão CT