quinta-feira, 3 de junho de 2010

Espírito Santo sedia o 10º Congresso Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (Conemi)

Com a presença de mais de 150 profissionais de todo o Brasil, o Espírito Santo será palco do X Congresso Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (Conemi), principal evento de engenharia, onde serão debatidos temas que vão desde o advento e os impactos do pré-sal, as experiências de empresas nacionais em melhorias ambientais e, ainda, o perfil do profissional de sucesso no mercado.

O evento será realizado nos dias 28 e 29 de julho, em paralelo à Mec Show 2010 – Feira da Metalmecânica, Energia e Automação, no Parque de Exposições de Carapina, na Serra. No ano passado, o evento aconteceu em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Engenharia Mecânica – Seção Espírito Santo (Abemec-ES), Aristóteles Lyrio, a expectativa é de que profissionais de 25 estados brasileiros participem do evento para debater o futuro da profissão, que teve um upgrade nos últimos anos no mercado nacional e internacional.

O secretário de Estado de Desenvolvimento, Márcio Félix Bezerra, fará a abertura do Congresso, onde irá falar sobre as conseqüências da exploração do pré-sal e seus impactos nas engenharias. Formado em Engenharia Eletrônica e com especialização em Engenharia de Petróleo, ele exerceu durante seis anos a função de gerente geral de Novos Negócios da Petrobras no Espírito Santo.

No segundo dia do evento haverá palestras sobre a experiência da ArcelorMital com a geração de créditos de carbono, em seguida, o gerente de Meio Ambiente da Vale, Romildo Fracalossi, falará sobre o sistema de wind fence, barreiras que resistem a ventos de até 120 quilômetros por hora, reduzindo a emissão de particulados de minério e carvão. Por fim, o engenheiro mecânico e professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de São João Del-Rei, Jorge Nei Brito, discursará sobre o perfil do profissional de sucesso.