domingo, 24 de janeiro de 2010

Cerveja em lata começou a ser produzida em 1935

Nos Estados Unidos, a cerveja em lata começou a ser produzida no dia 24 de janeiro de 1935. De fácil transporte, descartável, e sem exigir vasilhame, a nova embalagem logo se impôs entre os americanos.

Antes da introdução do pagamento de depósito para bebidas em embalagens descartáveis, cerca de seis bilhões de bebidas em lata chegaram a ser consumidas anualmente pelos alemães, aumentando a enorme montanha de lixo da sociedade moderna.

Testes provaramm que a embalagem de metal em nada modifica o gosto da bebida e, além disto, a mesma marca de cerveja é mais barata em lata do que em garrafa. Assim, aumentou cada vez mais o número de adeptos da bebida enlatada. O perfil do seu consumidor é claro: ele pensa de forma prática e procura economizar nas suas compras.

Cultura subversiva
Jürgen Kron, autor de um livro sobre cerveja enlatada, afirma: "A cerveja em lata é coisa para as pessoas que têm uma concepção cultural subversiva. A lata é odiada pelos ecologistas e adorada pelas pessoas que ainda têm uma estreita ligação com a própria juventude, com a cultura proletária, com um clube popular de futebol como o Schalke 04, com a rebelião e que sempre tiveram atritos com os pais."

Ele estudou muitos consumidores de cerveja em lata e chegou à conclusão de que, sem a bebida enlatada, seria impensável um dos grandes movimentos socioculturais do século 20: desde o começo, a lata de cerveja foi um dos pilares de sustentação da cultura dos motoqueiros. Ela é leve, pequena, facilmente descartável e não traz o risco de ferimento com cacos de vidro. Nenhuma revolução púbere contra as regras de bom-tom à mesa tem muita graça sem a bebida enlatada.

Forma de protesto
Cultura underground, subversão e literatura – estes conceitos levam diretamente ao autor americano Charles Bukowski: "Tudo na minha mão, que empunha a lata de cerveja, é triste, até mesmo a sujeira debaixo das minhas unhas; esta mão rígida com a mão de uma máquina. Mas não: a pressão mágica com que ela se fecha em torno da lata de cerveja é a mesma que parte das raízes e empurra um gladíolo da terra, em direção à luz e ao sol, e que faz a cerveja fluir para dentro de mim."

Este texto lírico da literatura underground seria impensável sem a invenção do fabricante americano de cerveja George Newman. No dia 24 de janeiro de 1935, ele lançou ao mercado a primeira cerveja enlatada, em Richmond, no Estado de Virginia. Em pouco tempo, a demanda superou as suas previsões mais otimistas. Na Alemanha, a firma Schmalbach-Lubeca produziu a sua primeira cerveja em lata no ano de 1937.

Na época, as latas ainda eram abertas da mesma maneira como as garrafas: arrancando a tampinha de metal com uma chave. Ainda tardaria a invenção da argola (ring pull) que é puxada, abrindo a lata sem uso de ferramenta adicional.

Fonte: Carola Hossfeld (am)/ DW