terça-feira, 19 de maio de 2009

Eficácia do ácido linoléico conjugado (CLA) para o emagrecimento

Emagrecimento seletivo

Um estudo feito por pesquisadores da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP) analisou a eficácia do ácido linoléico conjugado (CLA, na sigla em inglês), utilizado como suplemento alimentar em humanos devido ao seu efeito no emagrecimento e aumento de massa magra (músculo).

A pesquisa avaliou o efeito da suplementação com o CLA sobre a composição corporal, especialmente no acúmulo de tecido adiposo e de massa muscular, e sobre parâmetros sanguíneos em ratos. O trabalho, coordenado pela professora Jocelem Mastrodi Salgado, teve apoio da FAPESP na modalidade Auxílio a Pesquisa – Regular.

“Embora a maior parte dos estudos com humanos realizados no mundo sobre o tema ainda não seja conclusiva, podemos constatar que tem aumentado o consumo do CLA por atletas que buscam elevar a massa magra muscular, muitas vezes sem se preocupar com possíveis efeitos indesejáveis no organismo”, disse.

“Devido ao escasso conhecimento científico que aponte os efeitos do CLA na conversão de tecido gorduroso em massa muscular, atletas têm feito uso do produto sem saber se as doses ingeridas causam riscos à saúde”, apontou Jocelem.

No Departamento de Agroindústria, Alimento e Nutrição da Esalq foram avaliados os efeitos de uma dieta contendo 0,5% de ácido linoléico conjugado em 64 ratos, sendo 32 fêmeas e 32 machos, divididos em grupos com atividades físicas e sedentários.

Foram analisadas variáveis como eficiência alimentar, ganho de peso, teor de gorduras, composição corpórea e biomarcadores sanguíneos como colesterol e triglicerídeos. Também foram feitos exames bioquímicos das fezes dos animais e a pesagem de órgãos como pulmão, coração e fígado.

A análise comparou ainda as diferenças e possíveis interações entre “sexo”, “dieta” e “situação”, sendo esta última condição empregada para distinguir os animais sedentários dos que praticaram exercício. Os ratos “atletas” foram submetidos a 40 minutos diários de atividade física em uma roda de exercícios automática, com velocidades de 10 a 15 metros por segundo.

“A suplementação de 0,5% de ácido linoléico conjugado auxiliou na diminuição de gordura corporal e apresentou aumento da massa magra apenas nas fêmeas submetidas às atividades físicas”, explicou Jocelem.

A porcentagem de 0,5% de CLA utilizada na dieta dos animais foi determinada com base na literatura científica disponível, uma vez que diversos autores obtiveram resultados satisfatórios em seus experimentos com a mesma quantidade de acido linoléico conjugado.

CLA e sedentarismo
Segundo a pesquisa, a realização de atividade física entre os grupos de ratos suplementados com CLA foi responsável por uma redução de 15% na comparação com os grupos sedentários.

“Diferentemente do que é divulgado em propagandas de suplementos, o estudo mostra que a utilização do ácido linoléico conjugado pelos sedentários não contribui para a transformação de gordura em músculo. Isso ocorreu só nos grupos de animais que utilizaram o CLA e praticaram exercícios, principalmente as fêmeas”, explica Jocelem.

Os resultados demonstraram ainda que todos os animais que receberam dieta controle (comum) apresentaram níveis semelhantes de gordura visceral, tanto os que se exercitaram como os demais. Com relação aos alimentados com dieta contendo 0,5% de CLA, os primeiros tiveram um teor de gordura 28% menor do que os sedentários.

“Um dos motivos do uso de CLA ter sido mais significativo em fêmeas é que elas são menores que os machos e podem ganhar mais gordura e energia. A concentração de gordura no ganho de peso tende a elevar-se à medida que os animais ficam mais adultos e mais pesados, o que acarreta aumento nas exigências de energia pelo metabolismo”, disse a professora da Esalq.

Segundo ela, com a maturidade, ocorre decréscimo de proteína e aumento de gordura no organismo, em razão da redução do crescimento muscular e do aumento do desenvolvimento do tecido adiposo. “O menor conteúdo lipídico dos animais submetidos ao treinamento físico pode ser um dos fatores responsáveis pelo menor ganho de peso corporal alcançado por eles”, explica.

Os resultados apontam ainda que, entre os ratos de ambos os sexos, a suplementação com ácido linoléico conjugado influiu beneficamente nos teores de colesterol plasmático e matéria seca e mineral da carcaça dos animais.

“Os machos sedentários suplementados com CLA também apresentam maiores quantidades de gordura na carcaça, enquanto os animais atletas suplementados com CLA apresentam menores teores de gordura visceral”, disse.

Os resultados do trabalho de pesquisa, intitulado “Efeito da suplementação com ácido linoléico conjugado (CLA) comercial sobre a composição corporal, parâmetros sanguíneos e formação de ateromas em ratos” devem ser submetidos para publicação em revistas como o The Journal of Nutrition e o Journal of Medicinal Food



Fonte: Thiago Romero / Agência FAPESP

Finep divulga resultado preliminar de três editais

Na última semana, a Finep e a Agência Nacional do Cinema (Ancine) divulgaram o resultado preliminar da etapa de habilitação das chamadas públicas Prodav 01/2008; Prodecine 02/2008 e Prodecine 03/2008. Foram habilitados, inicialmente, 39 projetos do total de 78 inscritos.

A chamada pública Prodav, que tem o objetivo de selecionar projetos de produção independente de obras audiovisuais brasileiras destinadas ao mercado de radiodifusão de sons e imagens ou ao mercado de comunicação eletrônica de massa por assinatura, nos formatos de obra seriada, minissérie e telefilme, no gênero ficção ou documentário, recebeu 47 projetos dos quais 20 foram habilitados. O resultado está disponível neste link.

Já o Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Cinema Brasileiro (Prodecine 02/2008), que tem o objetivo de selecionar projetos de aquisição de direitos de distribuição de obras audiovisuais cinematográficas brasileiras de produção independente de longa-metragem, no gênero documentário ou ficção, recebeu 15 projetos, sendo que 10 foram habilitados. Confira o resultado neste link.

O Prodecine 03/2008, voltado para a comercialização de obras audiovisuais cinematográficas de longa-metragem, teve 16 inscritos, com nove habilitados. O resultado pode ser acessado neste link.

Os proponentes que quiserem apresentar recursos devem preencher o formulário disponível neste link até o dia 25 de maio e enviá-lo por e-mail, anexando os documentos que comprovem a argumentação para o endereço eletrônico . A situação de cada projeto, com a justificativa em caso de não habilitação, está disponível individualmente para cada inscrito por meio de login no sistema (item Formulário/Resultado).

Fonte: Gestão CT

Rede Nanobiotec-Brasil: divulgado resultado do edital

No último dia 14, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou o resultado do julgamento do Edital 04/CII-2008, Rede Nanobiotec - Brasil. A iniciativa visa apoiar a pesquisa científica e a formação de recursos humanos altamente qualificados na área de nanobiotecnologia.

Ao todo, foram submetidas 45 propostas, sendo que 38 foram aprovadas e serão financeiramente apoiadas pela Capes. O resultado representa um índice de sucesso superior a 84% em relação às propostas submetidas. No total, será aplicado o montante de R$ 70,3 milhões para os 38 projetos aprovados, abrangendo grupos de pesquisa e universidades de todas as regiões do país.

De acordo com a Capes, os recursos serão aplicados em custeio e capital para a execução de pesquisas nos próximos quatro anos, assim como bolsas de estudos, em várias modalidades no Brasil e no exterior, a fim de contribuir para a formação de recursos humanos altamente qualificados, tanto em nível de doutorado como pós-doutorado.

O resultado pode ser acessado neste link.

Fonte: Gestão CT

Programa Capes/Brafitec realizará evento voltado às engenharias

Será realizado, de 27 a 29 de maio, no Rio de Janeiro (RJ), o evento do Programa Capes/Brafitec (Brasil/França Ingénieur Technologie). O programa é uma iniciativa da Capes, do Ministério da Educação (MEC) do Brasil e da Conférence des Directeurs des Écoles Françaises d'Ingénieurs (CDEFI), com o apoio do Ministère des Affaires Étrangères (MAE) e do Ministère de l'Enseignement Supérieur et de la Recherche (MESR) da França para fomentar parcerias institucionais nas especialidades de engenharia estimulando o intercâmbio de estudantes de graduação.

No dia 28, serão realizadas as palestras "A cooperação científica e universitária entre o Brasil e a França", que será proferida pelo presidente da Capes, Jorge Guimarães, e "Le Programme Brafitec en 2009", a ser ministrada por Jacques Gelas (CDEFI). Também acontecerá, no mesmo dia, outras atividades, como uma mesa redonda sobre a importância de uma formação multicultural para o engenheiro do século 21. No dia 29, haverá uma mesa redonda sobre o balanço e perspectivas do Programa Brafitec sob o ponto de vista dos coordenadores de projetos.

Informações sobre o programa estão disponíveis neste link.

Fonte: Gestão CT