sábado, 29 de dezembro de 2007

INEP - Aberto Concurso público para 100 vagas

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) abriu concurso público para 100 vagas de pesquisador - tecnologista em informações e avaliações educacionais (nível superior), com salário inicial de R$ 2.219,34, e 40 para técnico em informações educacionais (nível médio) - R$ 1.220,45.

O concurso será executado pela Fundação Cesgranrio e compreenderá para o cargo de nível superior duas fases: provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos e prova discursiva de caráter eliminatório e classificatório; prova de títulos de caráter classificatório. Para o cargo de nível médio haverá uma única fase com provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos, de caráter eliminatório e classificatório.

As provas serão realizadas na cidade de Brasília.

As inscrições poderão ser realizadas entre 8 e 18 de janeiro de 2008, nas agências credenciadas dos Correios listadas no edital ou via internet, no site da Fundação Cesgranrio. O valor da taxa de inscrição é de R$ 24,80 para o cargo de nível médio e de R$ 38,80 para o cargo de nível superior.

As provas serão aplicadas no dia 24 de fevereiro de 2008. Para o cargo de pesquisador a prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos será realizada no período da manhã, com início às 9h, e a prova discursiva de redação será realizada no período da tarde, com início às 15h. Para o cargo de técnico em informações educacionais a prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos será realizada no período da manhã, com início às 9h.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
Inscrições: Entre 8 e 18 de janeiro
Cargos: Pesquisador - tecnologista em informações e avaliações educacionais e técnico em informações educacionais
Vagas: 100 vagas de pesquisador e 40 de técnico em informações educacionais
Taxa de inscrição: R$ 24,80 e R$ 38,80
Salário: R$ 2.219,34 (pesquisador) e R$ 1.220,45 (técnico em informações educacionais)
Prova objetiva: 24 de fevereiro

Outras informações no endereço: http://www.inep.gov.br

Fonte: Jornal O Popular

Dossiê América Latina

“É indispensável liberar nossa retina histórica da prisão eurocêntrica e reconhecer nossa experiência histórica.” A frase do sociólogo peruano Aníbal Quijano ajuda a dar o tom do Dossiê América Latina, publicado na mais recente edição da revista do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da Universidade de São Paulo (USP).

No texto Dom Quixote e os moinhos de vento na América Latina, que abre a edição número 55 da revista Estudos Avançados, Quijano busca nos “des/encontros” da obra do espanhol Miguel de Cervantes uma reorganização latino-americana. Segundo ele, a ambigüidade promovida pela colonialidade e pela globalidade impede que muitos fantasmas sejam definitivamente resolvidos. O texto é inspirador para quem busca contribuir para uma nova identidade latino-americana.

Com o pano de fundo histórico, cultural e filosófico definido, o leitor passa a entrar em contato com reflexões mais específicas, mas nem por isso menos sistêmicas. Brasil, Argentina e América do Sul, por exemplo, é o texto assinado por Paulo Nogueira Batista Jr., da USP. Para o pesquisador, a aliança entre Brasil e Argentina, além de estratégica, é um elemento central para qualquer esforço de integração.

As discussões políticas não passam ao largo da publicação. Venezuela, Colômbia e a crise da Argentina são debatidas por vários autores em textos diversos. Como o movimento zapatista conseguiu, inclusive via internet, construir uma estratégia de comunicação? Isso é o que mostra Pedro Ortiz, doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina (Prolam) e atual diretor da TV USP, no artigo Das montanhas mexicanas ao ciberespaço.

O número 55 da Estudos Avançados tem outros temas além do dossiê latino-americano. São mais cinco blocos temáticos: questão energética, Florestan Fernandes, polêmicas, caminhos da crítica e memórias.

Um dos assuntos polêmicos dessa edição é trazido por Dante Gallian, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). No texto Por detrás do último ato da ciência-espetáculo: as células-tronco embrionárias, o pesquisador discute o assunto a partir de considerações científicas, filosóficas e éticas.

Artigos
· Dom Quixote e os moinhos de vento na América Latina / Quijano, Aníbal
· A soberania alimentar / Chonchol, Jacques
· O futuro incerto dos partidos políticos argentinos / Mocca, Edgardo
· Brasil, Argentina e América do Sul / Batista Jr., Paulo Nogueira
· O Mercosul e a penhora da Casa / Seitenfus, Ricardo
. As políticas ativas de mercado de trabalho no Mercosul / Cacciamali, Maria Cristina
. Mística revolucionária: José Carlos Mariátegui e a religião / Löwy, Michael
· José María Arguedas aquém da literatura / Natali, Marcos Piason
· Drogas, conflito e os EUA: a Colômbia no início do século / Valencia, León
· Venezuela: mudanças políticas na era Chávez / Villa, Rafael Duarte
· Das montanhas mexicanas ao ciberespaço / Ortiz, Pedro Henrique Falco
· Transeuntes América Latina / Ajzenberg, Elza
· Da civilização do petróleo a uma nova civilização verde / Sachs, Ignacy
· Política energética no Brasil / Goldemberg, José; Moreira, José Roberto
· Florestan Fernandes: revisitado / Freitag, Barbara
· Florestan Fernandes e o radicalismo plebeu em Sociologia / Cohn, Gabriel
· Por detrás do último ato da ciência-espetáculo: as células-tronco embrionárias / Gallian, Dante Marcello Claramonte
· Biosseguridade / Chaimovich, Hernan
· A maioria sempre tem razão: ou não / Machado, Nilson José
· Caminhos do Crítico / Secchin, Antonio Carlos
· Meu caminho na crítica / Nunes, Benedito
· Crítica e autocrítica / Portella, Eduardo
· Caminhos entre a literatura e a história / Bosi, Alfredo
· Por amor à arte / Perrone-Moisés, Leyla
· A voga do biografismo nativo / Galvão, Walnice Nogueira
· A memória oral no mundo contemporâneo / Frochtengarten, Fernando

Os textos estão disponíveis de forma gratuita na biblioteca on-line SciELO. Para acessar,
clique aqui.

Fonte: Agência FAPESP - 29/12/2005