quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Seminário sobre Normalização e Certificação na Siderurgia


O IBS – Instituto Brasileiro de Siderurgia e o ABNT/CB-28 Comitê Brasileiro de Siderurgia realiza o "Seminário sobre Normalização e Certificação na Siderurgia", no dia 25 de outubro, de 09h às 13h, na Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais, na Rua Antônio Comparato, 218 São Paulo - SP

Solicita-se que seja confirmada presença até o dia 22 de outubro, na Secretaria do ABNT/CB-28.

Maiores informações pelo telefone (0xx) 21 2141 0001, pelo e-mail ou pelo endereço: http://www.cb28.org.br/ .

Fonte: Superitendencia - ABNT/CB-28

Alunos da Poli - USP participam da Maratona Eficiência Energética

Equipe da Escola Politécnica da USP participa pela 1ª vez da Maratona Eficiência Energética, evento que movimenta as universidades brasileiras e desafia os alunos a desenvolver veí­culos "ecologicamente eficientes". O Kartódromo de Interlagos abrigará o evento, cujos modelos prometem superar o recorde de 599km/litro.

Não basta unir Inovação Tecnológica à Preocupação Ecológica
O desafio é desenvolver chassis, carroceria, ergonomia, segurança, conforto e design em um projeto harmônico e altamente eficiente. Para dar conta desses requisitos, os alunos da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (POLI/USP), por meio da Equipe POLI/MAPFRE de Milhagem e do Programa de Educação Tutorial Mecânica (PET Mecânica e MEC/SESu), desenvolveram, com o apoio da MAPFRE Seguros do Brasil, um modelo que será apresentando ao público no dia 17 de outubro de 2007, quarta-feira. Este será o primeiro veí­culo de economia de combustí­vel desenvolvido por alunos da Escola Politécnica.

O veículo
Para obter o menor consumo de gasolina por quilômetro rodado, os alunos basearam-se no conceito de um veí­culo leve, aerodinâmico e de baixa potência, permitindo assim a utilização racional dos recursos energéticos. "Tivemos a possibilidade de aprender e vivenciar técnicas modernas de projeto e simulação, como, por exemplo, a carenagem aerodinâmica que foi desenvolvida no túnel de vento do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT)", conta Daniel Toledo, capitão da equipe e aluno do 3º ano de Engenharia Mecânica da EPUSP.

Ficha técnica
Nome: POLI/MAPFRE 07
Comprimento: 2,85 m
Largura: 0,95 m
Rodas: 3
Motor: 4 tempos a gasolina / 1 HP
Aerodinâmica: rodas carenadas

A equipe
A Equipe POLI/MAPFRE de Milhagem é composta por alunos de graduação do curso de engenharia da Escola Politécnica da USP. O projeto tem como objetivo oferecer aos alunos a vivência da engenharia de projeto e manufatura ao longo do curso, desenvolver habilidades como trabalho em grupo, liderança e gestão de projeto e principalmente formar engenheiros com a preocupação e capacidade técnica para abordar o problema da energia e o aquecimento global.

Para a construção do protótipo os alunos contaram com o apoio financeiro da MAPFRE Seguros do Brasil, que viabilizou a fabricação além de investimentos em equipamentos para as atividades do projeto ao longo do ano de 2007.

A competição
O carro estará nas pistas entre os dias 1 e 3 de novembro no Kartódromo de Interlagos em São Paulo, durante a Maratona da Eficiência Energética 2007. Na competição, protótipos de catorze universidades do paí­s tentarão superar o recorde de 599 km/l da etapa de 2006.

A Maratona Eficiência Energética tem seu regulamento registrado na Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), que também é responsável pela supervisão da competição. O evento tem como objetivo pesquisar o rendimento energético com diferentes tipos de combustão e ainda incentivar a criatividade dos futuros engenheiros automotivos quanto a soluções para as questões ambientais e energia. Todos os veí­culos inscritos recebem um sensor magnético, semelhante aos utilizados na Fórmula Um e na Stock Car, para permitir registrar os tempos de volta de cada veí­culo e o percurso realizado

Fonte: Poli / USP

1o Workshop de Metalurgia do Pó

O 1o Workshop de Metalurgia do Pó abre inscrições gratuitas. O evento ocorre no dia 30 de outubro na sede da Associação Brasileira de Metalurgia em São Paulo, capital.

Sob coordenação do doutor em Materiais-METALLUM, Lucio Salgado, o objetivo é discutir e apresentar soluções inovadoras sobre o processo de fabricação de peças e componentes através da técnica de metalurgia do pó.

O Workshop é voltado para engenheiros mecânicos, metalurgistas e de materiais que atuam nas áreas de produção, compras, projetos, pesquisa e desenvolvimento e controle de qualidade de indústrias do ramo automotivo, mecânico, metalúrgico, alimentício, eletro-eletrônico, autopeças, entre outros.

Serão abordados os seguintes tópicos: aspectos técnicos, viabilidade econômica, aplicação e estudo de casos.

Programa Preliminar
08h30 - Welcome Coffee
08h45 - Palestra de Abertura: Metalurgia do Pó: Processo, Viabilidade, Aplicações e Estudo de Casos
10h30 - Coffee-Break
11h - Palestra: Desenvolvimento Mundial da Metalúrgia do Pó
12h - Debates
12h30 - Sessão de Encerramento

Outras informações através do endereço eletrônico: www.abmbrasil.com.br/seminarios/metalurgia_po/default.asp

Fonte: ABM

Usp desenvolve fluido de corte biodegradável a partir da mamona

A USP está licenciando a patente para um fluido de corte - utilizado na indústria para refrigeração e lubrificação de ferramentas de corte - produzido a partir da mamona. A fórmula, já patenteada, não provoca danos à pele dos operadores de máquinas, além de não apresentar dificuldades de descarte, como acontece com os fluidos que usam aditivos organoclorados.

Fluidos de corte
Os fluidos de corte são essenciais na produção de peças metálicas para bens de consumo, mas provocam danos à saúde dos operadores de máquinas e são de difícil descarte. Para resolver estes problemas, um grupo de pesquisa da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP criou e patenteou um fluido biodegradável à base de óleo de mamona, que não usa as substâncias dos líquidos de corte à base de petróleo.

"Os fluidos servem para refrigerar serras, brocas, ferramentas em tornos e em máquinas abrasivas, aumentando sua vida útil e garantindo a qualidade das peças produzidas", conta o professor da EESC, João Fernando Gomes de Oliveira, que coordenou a pesquisa. "Entretanto, além do óleo integral de petróleo são usados aditivos organoclorados e até enxofre, causando dermatite nos operadores de máquinas e dificultando o descarte".

Os pesquisadores testaram várias formulações do líquido de corte, modificando a concentração de água. "Os melhores resultados foram obtidos com 50% de óleo de mamona e 50% de água", conta o professor. "Essa mistura leva a uma redução maior do calor, melhorando o desempenho das máquinas." A mistura mais usada em indústrias utiliza 5% de óleo integral de petróleo, além de aditivos.

Fluido biodegradável
O fluido com óleo de mamona apresenta a vantagem de ser produzido a partir de uma fonte renovável. "São acrescentados apenas um detergente, que faz a ligação entre óleo e água, um anti-corrosivo e um bactericida. Os melhores resultados foram obtidos com 50% de óleo de mamona e 50% de água".

O líquido, de cor castor - ou parda; o fluido com óleo mineral é branco - não provoca irritação nos operadores de máquinas. "O bactericida é necessário para evitar a proliferação de microorganismos que alteram as propriedades do fluido".

"Por ser altamente biodegradável, o líquido pode se degradar mais rapidamente se a concentração de bactericida não for adequada", explica Oliveira. "Mesmo que o controle precise ser mais constante, ele é mais simples, pois consiste na medição do pH (acidez) do fluido".

Fonte: Cimm

Curso: "Aprenda sobre Mudança Climática e os princípios básicos de elaboração de projetos de MDL"



Fonte: Ens

R$ 1 milhão para pesquisas em microeletrônica

O Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) destinarão R$ 1 milhão para apoiar projetos de pesquisa que proponham a elaboração de um plano de viabilidade técnica e comercial para empresas interessadas na inovação de seus produtos ou processos por meio da microeletrônica.

Os pesquisadores interessados poderão inscrever projetos, estruturados no formato de um plano de negócios, até o dia 24 de novembro para concorrer ao Edital CNPq/CT-Info nº 14/2007.

As propostas serão financiadas com valor máximo de R$ 40 mil. Os recursos totais investidos para este edital são do Fundo Setorial de Informática (CT-Info).

Segundo o CNPq, o edital faz parte do plano de ações do Programa de Disseminação de Novas Tecnologias em Microeletrônica (PDNTM) que visa à transferência de tecnologias para o setor produtivo e aumentar os serviços e produtos do setor.

Os interessados poderão enviar suas propostas por meio do formulário de propostas on-line disponível no endereço http://efomento.cnpq.br/efomento/autenticacao.jsp

O resultado será divulgado no dia 1º de dezembro e as contratações terão início na semana seguinte.

Mais informações: www.cnpq.br/editais/ct/2007/014.htm

Fonte: Agência Fapesp

2º CiExS - Workshop em Ciência do Exercício e Saúde


O Workshop acontecerá de 16 a 18 de novembro em Uberlândia - MG e tem como objetivo proporcionar a pesquisadores um encontro onde possam ser discutidos os recentes achados e as novas possibilidades no estudo do Exercício e seus efeitos, estabelecendo oportunidades para intercâmbio entre pesquisadores, estudantes, profissionais e instituições no Brasil.

Maiores informações podem ser encontradas no endereço http://www.ciexs.ufu.br/ ou pelo e-mail.

Fonte: Comissão Organizadora - CiExS