quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Fórum Nacional analisa métodos de ensino na área médica

Começa nesta quinta-feira (09/08), no Crystal Palace Hotel, o IV Fórum Nacional – Metodologias Ativas de Ensino-Aprendizagem, promovido pelo Colegiado do curso de Medicina, da Universidade Estadual de Londrina e Centro Acadêmico Samuel Pessoa. As atividades começam pela manhã com a realização de três painéis, a partir das 10 horas, mas a cerimônia de abertura será realizada às 19 horas. A conferência inaugural será proferida pela professora Lea Anastasiou, da Universidade Federal do Paraná, que vai falar sobre “As bases teórico-metodológicas da educação de adultos e os desafios atuais da educação médica e dos profissionais de saúde”.

O Fórum, que prossegue até sábado, dia 11, contará com cerca de 500 participantes de participantes de 18 estados, entre professores, estudantes de Medicina, dirigentes de cursos médicos, profissionais da rede de saúde e lideranças comunitárias. Durante os três dias eles estarão analisando os movimentos que envolvem os métodos de ensino na área médica, bem como as mudanças que estão em curso no país.

Estarão presentes participantes dos estados do Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Roraima, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Distrito Federal, Goiás, Santa Catarina, Espírito Santo, Bahia, Pará, Paraíba, Ceará e Alagoas.

O coordenador do Colegiado do Curso de Medicina da UEL, professor e médico, Marcio José de Almeida, lembrou que o Fórum foi realizado nas suas edições anteriores em Curitiba, Bragança Paulista (SP) e Lajes (SC). Naquelas oportunidades, sempre era debatido um único tema. No último fórum, realizado em Lages, foi deliberado que a partir do IV Fórum, em Londrina, passaria a abordar todas as metodologias ativas. Também foi liberada a abertura à participação de estudantes e professores de outros cursos de graduação na área da saúde.

Este evento faz parte das comemorações dos 40 anos do Curso de Medicina da UEL e 10 anos de implantação do currículo integrado, que incorpora várias metodologias ativas.

Fonte: Agência Uel