segunda-feira, 16 de abril de 2007

Usp inaugura supercomputador

A Universidade de São Paulo (USP) inaugurou, no dia 10/4, o supercomputador IBM PowerPC 970. Instalado no Centro de Computação Eletrônica da universidade, o sistema foi adquirido com apoio da FAPESP por meio do Programa Equipamentos Multiusuários, a partir de um projeto elaborado por um consórcio formado por 66 grupos de pesquisa da USP.

O supercomputador consiste em um cluster (aglomerado computacional) de 448 processadores que operam em conjunto, possibilitando um desempenho de 2,9 trilhões de operações por segundo (teraflops).

O cluster, ao lado de três máquinas da Petrobras, é o primeiro de uso acadêmico do país a entrar no Top 500, ranking dos computadores mais potentes do planeta. É o 363º, enquanto os da Petrobras ocupam as posições 273, 275 e 418 na lista.

Segundo Luiz Nunes de Oliveira, professor do Departamento de Física e Informática do Instituto de Física de São Carlos, da Universidade de São Paulo (USP), o equipamento representará um grande passo para a pesquisa acadêmica nacional.

De acordo com Nunes de Oliveira, coordenador da equipe que solicitou o supercomputador, a utilização do equipamento será gerenciada por quatro representantes do grupo. O usuário não precisa ter vínculo com a USP.

Na próxima semana, uma reunião determinará critérios para distribuição de tempo e utilização.

O supercomputador ficou em operação nos últimos 30 dias, enquanto eram feitos os últimos ajustes para a inauguração.

Segundo Nunes de Oliveira, o sistema permite buscas muito rápidas em grandes grupos de dados. Ele será utilizado no desenvolvimento de projetos de diferentes áreas, com aplicações em ciências humanas (como em economia), genômica, engenharia, meteorologia, astrofísica, física de materiais e mecânica de fluidos.

Pesquisadores da área de computação também utilizarão o equipamento para estudar o próprio uso desse tipo de computador.

Fonte: Agência Fapesp

CYTED lança edital de apoio à cooperação científica e tecnológica internacional

Edital no âmbito do Programa Ibero-americano Ciencia y Tecnología para el Desarrollo (CYTED), do qual o Brasil é integrante por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT), está com inscrições abertas para propostas de cooperação científica e tecnológica entre os países membros.

Apoiando projetos nas áreas temáticas da Saúde; Agroalimentação; Desenvolvimento Sustentável, Mudanças Globais e Ecossistemas; Promoção do Desenvolvimento Industrial; Tecnologias da Informação e Comunicações; Ciência e Sociedade; e Energia, o edital apoiará Ações de Coordenação e Redes Temáticas.

Cada Rede Temática (RT) e Ação de Coordenação (AC) deverá ter, no mínimo, seis participantes de, pelo menos, seis países membros da Comunidade Ibero-americana, valorizando a maior cobertura geográfica possível. O proponente deve ser uma pessoa física pertencente a centros públicos ou privados de P&D, ou empresas públicas ou privadas, e radicado em um dos países membros. Em qualquer dos instrumentos (RT ou AC) podem participar instituições de terceiros países e organizações internacionais de caráter ibero-americano, desde que com financiamento próprio.

O prazo para o envio das propostas se encerra dia 31 de maio de 2007. As propostas deverão ter até, no máximo, 4 anos de duração. O Edital na íntegra e o formulário para submissão de propostas podem ser acessados no endereço.

O CYTED, criado em 1984, é um Programa Ibero-americano de cooperação multilateral científica e tecnológica voltado à inovação. O CNPq apóia o CYTED desde a sua criação e o Brasil participa como o segundo país com maior valor de contribuição, na ordem de US$ 500 mil.

O programa conta, ainda, com a presença da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Republica Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Fonte:CNPq

3º Workshop Internacional de Túneis de Vento

A terceira edição do Workshop Internacional de Túneis de Vento ocorrerá nos dias 24 e 25 abril, na capital paulista, reunindo especialistas de toda a América Latina.

O objetivo é divulgar trabalhos e promover a integração de pesquisadores em engenharia do vento, além de discutir a possibilidade de criação de uma associação latino-americana para o avanço de estudos na área.

O evento é promovido pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT), pelo Instituto de Mecánica de los Fluidos y Ingeniería Ambiental da Universidad de la República, no Uruguai, e pelo Laboratório de Capa Límite y Fluidodinámica Ambiental da Universidad Nacional de La Plata, na Argentina.

Mais informações: www.ipt.br/institucional/eventos/retunel.

Fonte: Agência FAPESP

Vaga para Diretor do ICGEB

O Centro Internacional de Engenharia Genética e Biotecnologia (ICGEB, sigla em inglês) está com chamada pública aberta para o cargo de diretor do recém-criado Componente de Pesquisa na Cidade do Cabo, na África do Sul. Brasileiros podem se candidatar.

Criado em 1987 pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (Unido), o ICGEB tem o objetivo de promover a cooperação internacional para o desenvolvimento e a aplicação pacífica da engenharia genética e da biotecnologia, particularmente entre países em desenvolvimento.

O ICGEB tem centros de pesquisa em Trieste, na Itália, e em Nova Déli, na Índia, além de contar com uma rede de centros afiliados localizados em alguns de seus 55 países-membros.

No Brasil, o ICGEB é coordenado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), por meio da Coordenação de Biotecnologia da Secretaria de Política e Programas de Pesquisas e Desenvolvimento (Seped).

O novo centro, que ficará no campus da Universidade da Cidade do Cabo, tem o objetivo de contribuir para a resolução de alguns dos problemas mais críticos nas áreas de saúde e desenvolvimento agrícola no continente africano.

Os interessados no cargo de diretor têm até o dia 31 de maio para apresentar propostas. Reputação científica internacional, excelência acadêmica e experiência de gestão institucional apropriada são algumas exigências.

O candidato também deve ter habilidade para conduzir interações efetivas com membros de governos, instituições internacionais e a comunidade científica mundial.

Mais informações: www.icgeb.org/vacancies.htm.

Fonte: Agência FAPESP

1º Café tecnológico da Supera

Palestras sobre transferência de tecnologia e patentes serão algumas das atividades que marcarão a primeira edição do Café Tecnológico da Supera, no dia 19 de abril, em São Paulo.

A promoção é da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (Supera), instalada na Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto, interior paulista.

Na ocasião será lançado o projeto Incubadoras em Parceria para o desenvolvimento de Novos Negócios (IncPAR), financiado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). O objetivo é prospectar 80 novos projetos de pesquisa em biotecnologia com potencial de mercado.

Mais informações pelo e-mail .

Fonte: Agência FAPESP