terça-feira, 20 de fevereiro de 2007

Debate: Momento Atual da Engenharia Brasileira

Já está definida a programação do debate Momento Atual da Engenharia Brasileira. O evento está previsto para acontecer no dia 7 de março, em São Paulo, contará com oito debates.

Serão discutidos temas como a formação do engenheiro; a qualificação e habilitação profissional; o papel do projetista e consultor; e o papel do executor.
Também estão previstos debates sobre investigação e monitoramento; risco e segurança em engenharia; licitação e contratação; seguros em obras de engenharia; e sucessos e acidentes na engenharia.

O objetivo do evento é diagnosticar os problemas atuais da engenharia, propor ações para valorizar os profissionais de obras de engenharia e discutir a qualidade na prática da engenharia.

A iniciativa é uma promoção da Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica (ABMS), em parceria com o Instituto de Engenharia, com o Instituto Brasileiro do Concreto (Ibracon), com a Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural (Abece) e com a Associação Brasileira de Geologia de Engenharia e Ambiental (ABGE). A ABIPTI é uma das instituições que apóiam o evento.

Os organizadores pretendem, ao final dos debates, apresentar um documento síntese com as principais conclusões e propostas para a área de engenharia no Brasil.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail . Informações complementares podem ser obtidas pelo telefone (11) 5574-7766.

Programa Produzir investe em APLs de olericultura e apicultura

Os arranjos produtivos locais (APLs) de olericultura (cultura de legumes) e de apicultura do município de Ponte Alta (TO) receberam, no ano passado, R$ 102,5 mil em investimentos por meio do Programa Organização Produtiva de Comunidades (Produzir), desenvolvido pelo Ministério da Integração Nacional (MI).

As ações do Produzir realizadas em 2006 nesses APLs foram apresentadas na última terça-feira (13), em Ponte Alta. Segundo informações do ministério, o programa beneficiou 115 pessoas nos dois APLs.

No APL de apicultura, as ações estiveram voltadas para a confecção de colméias, a culinária à base do mel e o artesanato com capim dourado para embalagem dos potes de mel. Já a organização do arranjo de olericultura possibilitará a abertura da Feira do Produtor no município.

O objetivo do Produzir é combater a situação de desemprego e subemprego em comunidades pobres, sejam elas urbanas ou rurais, situadas nas áreas prioritárias de atuação do Ministério da Integração, inserindo seus integrantes em arranjos e atividades produtivas que promovam dinamização econômica local e contribuam para o desenvolvimento regional. A iniciativa é desenvolvida com o apoio da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

Para conhecer um pouco mais visite o site: www.integracao.gov.br

Fonte: Gestão CT

Bunge elege temas para edição 2007 de prêmio

A Fundação Bunge lançou os temas para o prêmio 2007 da instituição. Na área de Ciências Agrárias o assunto é Agroenergia, na de Ciências Humanas e Sociais o tema eleito é Antropologia/Arqueologia.

Para participar do Prêmio Fundação Bunge, os candidatos deverão, necessariamente, ser indicados pelas universidades e entidades científicas e culturais do país.

Neste ano, o prêmio vai agraciar quatro profissionais, dois na categoria Vida e Obra e dois na categoria Juventude.

A entrega dos prêmios ocorrerá em setembro, durante as comemorações de aniversário da Fundação Bunge. Os contemplados recebem medalhas de ouro e prata, diplomas em pergaminho e um prêmio de R$ 40 mil para a categoria Juventude e R$ 100 mil para a categoria Vida e Obra.

Informações adicionais pelo site: www.fundacaobunge.org.br.

Fonte: Gestão CT