terça-feira, 23 de janeiro de 2007

Finep investirá R$ 96,1 milhões em projetos de P&D da Oxiteno

A Finep divulgou que financiará 104 projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da empresa Oxiteno, com R$ 96,1 milhões. Segundo a agência do MCT, esse aporte de recursos representa a continuação do apoio concedido pela primeira vez, em 2003.

Ainda de acordo com a Finep, o primeiro acordo celebrado naquele ano foi no valor de R$ 53,5 milhões e resultou no lançamento de 112 novos produtos, obtenção de oito patentes e aumento de 8% no faturamento anual da empresa.

A Oxiteno está entre as líderes da indústria química no país. A empresa possui sete unidades: cinco no Brasil — em Camaçari (BA), Mauá (SP), Suzano (SP), Tremembé (SP) e Triunfo (RS) — e duas no México. Juntas, as fábricas exportam para mais de 40 países, o que representa 30% do faturamento da empresa.

Fonte: Gestão CT

Representantes de fundação sul-coreana buscam novos projetos de cooperação

No dia 15 de janeiro, representantes da Fundação Coreana para Ciência e Engenharia -Kosef e diretores de centros de excelência da Coréia do Sul se reuniram com o presidente do CNPq, Erney Camargo. A oportunidade serviu para os visitantes sul-coreanos conhecerem os trabalhos desenvolvidos pelo conselho.

Durante a visita, foram apresentadas, à delegação, a experiência do CNPq no fomento à pesquisa, a capacitação de recursos humanos e as atividades de cooperação internacional. Em contrapartida, os visitantes expuseram os mecanismos de apoio aos programas de desenvolvimento científico e tecnológico do Kosef.

Nos próximos dias, os sul-coreanos ainda conhecerão projetos do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF/MCT), do Laboratório Nacional de Astrofísica, do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) e do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa).

A intenção dos visitantes é encontrar oportunidades de colaboração nos campos da física, matemática e astronomia, de forma a incrementar o convênio de cooperação entre o CNPq e a Kosef, assinado em 2004.

Na volta à Coréia do Sul, a delegação fará um relatório sobre as impressões e os resultados obtidos durante a visita. A partir dos resultados da missão, serão realizados seminários conjuntos para a apresentação de novas propostas no âmbito do convênio.

Mais detalhes podem ser obtidos pelo telefone (61) 2108-9000.

Fonte: Gestão CT