sexta-feira, 19 de janeiro de 2007

Prêmio Dorgival Brandão Júnior da Qualidade e Produtividade em Software

Qualidade em software tem prêmio
A Secretaria de Política de Informática (Sepin), do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), acaba de lançar chamada para o ciclo 2007 do Prêmio Dorgival Brandão Júnior da Qualidade e Produtividade em Software.

O prêmio é concedido anualmente, desde 1994, aos melhores projetos voltados para a melhoria da qualidade e produtividade do software nacional, no âmbito do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade em Software – PBQP Software.

Segundo o MCT, poderão ser submetidos projetos do setor empresarial, de instituições de ensino ou pesquisa, e do setor governamental, que se enquadrem em uma das seguintes categorias de submissão: Conscientização e Motivação, Métodos de Gestão, Recursos Humanos, Serviços Tecnológicos, Articulação Institucional, Tecnologia de Software e Marketing de Software.

O prazo para submissão de projetos termina em 15 de março. Para indicar o projeto, é preciso acessar o site e selecionar a opção “PBQP Software”. Também neste link estarão disponíveis esclarecimentos e acesso ao formulário necessário.

O Prêmio Dorgival Brandão Júnior da Qualidade e Produtividade em Software já contemplou 28 projetos e mais seis destaques, envolvendo 52 coordenações exercidas por 27 diferentes profissionais em 19 instituições distintas. O troféu é entregue à instituição coordenadora do projeto classificado em 1º lugar, sob o patrocínio da Sociedade Softex.

Dorgival Brandão Júnior, que dá o nome ao prêmio, foi o mentor do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade em Software - PBQP/Software e um dos organizadores da primeira edição do Livro Qualidade em Software. Engenheiro mecânico formado pela Universidade de Brasília (UnB), morreu em 1995.

Veja mais no site: www.mct.gov.br/index.php/content/view/5065.html

Fonte: Agência FAPESP

Suframa representa o Brasil em cooperação na área de nanotecnologia

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) representará o Brasil no projeto de cooperação internacional “Nanoforum EU Latino América”, firmado no ano passado com a União Européia. A instituição também será responsável por articular as ações do projeto na América Latina.

Segundo notícia divulgada pela Suframa, o objetivo é fomentar relacionamento e pesquisas em nanociência e nanotecnologia entre instituições européias e latino-americanas. Está prevista ainda a realização de um workshop no México, em 2007, e outro em Manaus (AM), em maio de 2008.

“A Suframa esteve presente em todos os eventos de políticas públicas sobre nanotecnologia realizados no exterior, nos últimos anos, e essa participação pesou no momento da indicação da autarquia como uma das responsáveis pelo desenvolvimento do projeto no Brasil, inclusive com a tarefa de coordenar o workshop a ser realizado em Manaus”, ressaltou o responsável pela área de Relações Institucionais para Assuntos Tecnológicos, Hernan Valenzuela, em notícia da Suframa.

No evento a ser realizado em Manaus, espera-se a presença dos principais nomes da comunidade científica européia em nanotecnologia. Durante o evento, serão selecionados 18 pesquisadores para um intercâmbio, que compreende visitas a quatro instituições européias especializadas em nanotecnologia.

Outra responsabilidade da Suframa será a de divulgar todas as informações referentes ao projeto, por meio da revista eletrônica do Pólo Industrial de Manaus especializada nanotecnologia, a Minapim News. Ela pode ser lida em português, inglês ou espanhol.
As pessoas e organizações interessadas em acompanhar as ações do “Nanoforum EU Latinoamérica”, buscar informações sobre bolsas de estudo e programação de eventos nas áreas de micro e nanotecnologia podem visitar o site da Suframa.

Fonte: Gestão CT