segunda-feira, 2 de janeiro de 2006

Biblioteca de teses – CARLOS ALBERTO MORAES PASSOS

SISTEMAS AGROFLORESTAIS COM EUCALIPTO PARA USO EM PROGRAMAS DE FOMENTO FLORESTAL, NA REGIÃO DE DIVINÓPOLIS, MG

CARLOS ALBERTO MORAES PASSOS

Resumo
O objetivo deste trabalho foi fazer uma avaliação inicial de desenhos agroflorestais com eucalipto, para uso em programas de fomento florestal, na região de Divinópolis MG. A partir de um diagnóstico da região de ação do programa de fomento florestal da Pains Florestal S. A, foram desenhadas e avaliadas alternativas agroflorestais, quanto aos critérios de produtividade, rentabilidade financeira e de impactos ambientais. Foi adotado o método taungya, e os desenhos agroflorestais consistiram nos consórcios do Eucalyptus urophylla, plantado nos espaçamentos de 3 x 2, 4 x 1,5, 5 x 1,5, 9 x 1 e 5 x 2 m, com cultura de arroz ou feijão, entre as fileiras de árvores, por ocasião da implantação florestal e um ano após a esta. Foram comparadas as produtividades dos consórcios com a dos monocultivos agrícolas e florestal, nos respectivos espaçamentos. As variáveis usadas na avaliação da produtividade foram a produtividade efetiva de grãos e o volume de madeira comercial, considerado como o da primeira tora de 3 m, tendo sido comparadas por meio do índice de equivalência de área. A rentabilidade financeira foi avaliada pelos critérios da razão beneficio/custo e do custo da madeira em pé. Além dessas variáveis, foi feita uma análise do desempenho das árvores quanto ao DAP, à altura total, à altura dominante e à sobrevivência. A avaliação de impactos ambientais foi feita pelo método da matriz de interações e pela listagem de controle. Os resultados obtidos mostraram que os consórcios foram mais eficientes no uso do solo e tenderam a ser mais rentáveis financeiramente do que os monocultivos de eucalipto. O monocultivo de feijão obteve a maior rentabilidade financeira, enquanto os consórcios com feijão foram mais produtivos e eficientes na utilização do solo que os outros desenhos testados, sendo, também, mais rentáveis financeiramente que as demais alternativas florestais e agroflorestais. Observou-se a tendência de a produtividade florestal ser afetada negativamente pela redução da densidade de árvores e ser indiferente quanto à distância entre fileiras de árvores e de a produtividade de grãos ser favorecida por esta redução da densidade ou pelo aumento da distância entre fileiras de árvores, Os impactos ambientais negativos do uso do método taungya incidiram, principalmente, sobre os meios físico e biótico das fases de implantação e de manutenção, sendo, na maioria, negativos, diretos, de abrangência regional, permanentes e irreversíveis, necessitando, portanto, da adoção de medidas mitigadoras preventivas desses impactos ambientais, pelos proprietários rurais e empresas fomentadoras, de forma a elevar a sustentabilidade destes programas. Os impactos positivos incidiram, na sua maioria, sobre o meio antrópico das fases de implantação e manutenção, justificando o uso do método taungya, em programas de fomento florestal. No entanto, é necessária a adoção, pelos proprietários rurais, pelas empresa fomentadoras e pelos órgãos governamentais, de medidas que potencializem os impactos ambientais positivos, de forma a ampliar os seus benefícios.

ABSTRACT
The objective of this research work was to evaluate eucalypt based agroforestry systems for tree farm programs in Divinópolis, MG. The design of the eucalypt based agroforestry systems was based on the diagnosis of the region under the influence of the tree farm program of Pains Florestal S.A. The criteria used to evaluate the eucalypt based agroforestry systems were: productivity, financial returns and the degree of environmental impacts. The agroforestry system adopted was the taungya method comprising Eucalyptus urophylla established in a 3 x 2, 4 x 1,5, 5 x 1,5, 9 x 1 and 5 x 2 m, intercropped with rice and beans in the first two years of stand establishment. The productivity of the agroforestry systems were compared to eucalypt and agricultural crops monoculture. The variables used in this study were rice and beans production and timber volume in terms of the first three meters length commercial log in the trees. The financial returns were evaluated by using the benefit/cost ratio and the cost of standing timber for each agroforestry system studied. Total height, diameter at breast height, survival and height of the dominant trees were also used as additional variables to be studied in this research work. Measurements of the environmental impacts were made by the interaction matrix and by the control tist methods. Beans monoculture gave the best financial return and the most efficient use for the soil. Timber yield was adversely affected in those systems with smaller distance between trees in the same row. However, it was not affected by the distance between rows of the trees for those initial spacings considered in the study. Beans and rice yield increased with larger distances between tree rows. The negative environmental impacts of the used taungya systems occurred mainly during the establishment and maintenance of the stands and they request mitigation measures so as they can be reduced to accepted levels. The positive impacts of those systems also occurred in the same phase of establishment of the stands and are more related to the social aspects of the tree farm program. The taungya method is therefore recommended to be used in tree farm programs.

Faça o download da tese aqui.


Biblioteca de teses – CARLOS VITORINO DANTAS MONIZ

COMPORTAMENTO INICIAL DO EUCALIPTO (Eucalyptus torelliana F. Muell), EM PLANTIO CONSORCIADO COM MILHO (Zea mays L.), NO VALE DO RIO DOCE, EM MINAS GERAIS

Carlos Vitorino Dantas Moniz

Resumo

O presente trabalho foi conduzido em área experimental pertencente à Cenibra Florestal S.A., no Município de Belo Oriente, Minas Gerais. Estudou-se a viabilidade do sistema “taungya”, envolvendo o consórcio do eucalipto com o milho. O eucalipto foi consorciado com diferentes densidades de plantio do milho, correspondentes a uma, duas, três e quatro fileiras da cultura agrícola entre as filas da espécie florestal, sendo o eucalipto e o milho comparados com os respectivos plantios em monocultivo. Para o eucalipto, foram feitas avaliações da sobrevivência; medições da altura e dos diâmetros da copa e do coleto; e contagens do número de folhas. Obteve-se o peso de matéria seca do caule, dos galhos e das folhas e ainda foi registrado o tempo gasto nas capinas. Para o milho, fizeram-se avaliações do “stand” final, mediu-se a altura, determinou-se a produção de grãos e obteve-se o peso de 100 grãos. Os resultados mostraram que o eucalipto consorciado com uma fileira de milho apresentou um crescimento semelhante ao do eucalipto solteiro. Observou-se, porém, uma relativa influência negativa sobre o crescimento do eucalipto, quando se fez o consórcio deste com duas, três e quatro fileiras de milho. A modalidade de consórcio do eucalipto com uma fileira de milho, na densidade de 25.000 plantas de milho por hectare, apresentou maior produção de grãos por planta, inclusive em relação ao milho em monocultivo. A produção de milho, resultante desse tipo de consorciação, provocou uma diminuição dos custos de implantação florestal entre 59,75% e 79,43%, dependendo da sua densidade.

Faça o download da tese aqui.

Biblioteca de teses - CLEBER CARVALHO DE CASTRO

A INFLUÊNCIA DA INCERTEZA NO DESENVOLVIMENTO DE PESQUISAS COM ORGANISMOS GENETICAMENTE MODIFICADOS NO BRASIL

CLEBER CARVALHO DE CASTRO

RESUMO
O presente estudo teve como objetivo principal analisar a influência das incertezas legais, mercadológicas e tecnológicas no desenvolvimento de pesquisas com Organismos Geneticamente Modificados aplicados à agricultura no Brasil. Para tanto foi realizado um estudo multicasos em oito centros de P&D (4 públicos e 4 privados) de caráter qualitativo e exploratório. Para a realização dos estudos de casos foram realizadas entrevistas não-estruturadas (no período de agosto a outubro de 2005) com representantes de cada uma das empresas selecionadas, tendo como base um protocolo de pesquisa. Também foram coletados dados secundários de diferentes fontes. Observou-se que, apesar da polêmica instaurada em torno dos OGMs, as pesquisas e o plantio comercial vem avançando de forma significativa no Brasil e no mundo. Apesar desta expansão, percebeu-se que a incerteza legal, mercadológica e tecnológica vêm influenciando as decisões de pesquisa nos centros de P&D. A incerteza legal, observada principalmente pelo excesso de burocracia na aprovação dos pedidos e a lentidão na regulamentação da lei 11.105 de março de 2005, levou muitos centros de P&D a abortar ou adiar projetos de pesquisa. A incerteza mercadológica, observada principalmente pela resistência da população em aceitar a nova tecnologia tem levado a uma maior cautela por parte dos centros de P&D no momento das decisões de investimentos. A incerteza tecnológica, observada pelas possibilidades de conflitos de patentes e disputas entre empresas, é identificada como a menos impactante no processo de decisão de pesquisa. Estas incertezas têm levado os centros de P&D a ficarem mais atentos aos movimentos do ambiente institucional e a buscarem novas capacitações na busca por uma vantagem competitiva sustentável no mercado. Observou-se também que o enfoque das teorias evolucionária e institucional, juntamente com abordagem teórica de incertezas, foram fundamentais para o entendimento da influência das incertezas no processo de pesquisa com OGMs nos centros de P&D analisados.

Palavras-chave: Incerteza, Organismos Geneticamente Modificados, Decisão de P&D, Ambiente Institucional, Teoria Evolucionária


ABSTRACT
The main objective of the present study was to analyze the influence of legal, market and technologic uncertainties in the development of researches with Genetically Modified Organisms (GMOs) applied to agriculture in Brazil. To do so, a multi-case study with qualitative and exploratory character was conducted in eight R&D centers (four public and four private). The case studies were realized with the aid of unstructured interviews (from August to October of 2005) applied to representatives of the selected enterprises, based on the research protocol. Secondary data were also collected from different sources. It was observed that despite the polemics around GMOs, the researches and the commercial crops are advancing, significantly, in Brazil and in the world. In spite of this expansion, it was seen that legal, market and technologic uncertainties are influencing the decisions in R&D centers. The legal uncertainty, expressed mainly by the excess of bureaucracy on approving requests and the slowness in regulation of law 11.105 (March of 2005), has led R&D centers to abort or postpone research projects. The market uncertainty, observed mainly by the population’s resistance in accepting the new technology, has led R&D centers to be more cautious concerning investment decisions. The technology uncertainty, observed by the possibility of patent conflicts and disputes among companies, is identified as the less important factor in the research decision making process. These uncertainties have being leading R&D centers to be more concerned about institutional environment movements and also to seek new qualifications in search of a market sustainable competitive advantage. It was also noted that the focus of institutional and evolutionary theories together with uncertainties theoretical approach were very important to the understanding of the uncertainties influence in the research process with GMOs within the R&D centers analyzed.

Keywords: Uncertainty, Genetically Modified Organisms, R&D decision, Institutional environment

Faça o download da tese aqui.

Banco de Teses - MARCELO DIAS MÜLLER

O Potencial das Plantações de Eucalipto para Geração Distribuída de Energia Elétrica no Brasil.

Marcelo Dias Müller

Resumo
Este trabalho teve como objetivo principal mostrar o potencial da biomassa de eucalipto para a geração de energia elétrica distribuída, por meio da simulação de um projeto piloto de reflorestamento com eucalipto. Foi implantado um experimento em áreas da ACESITA energética, no município de Itamarandiba, MG, utilizando o delineamento experimental em blocos ao acaso (3 repetições), no esquema de parcelas subdivididas (“Split Plot in time”). As parcelas foram constituídas por 5 espaçamentos iniciais de plantio e a subparcela, pelas épocas de medição (6, 12, 18 e 24 meses). A partir dos dados de produção em biomassa/hectare foi calculada a área necessária para atender a três plantas com diferentes capacidades instaladas (1MW, 5MW e 10MW). Para avaliação da viabilidade econômica, foram considerados os custos de implantação, manutenção e colheita por hectare, para cada espaçamento, nos três diferentes cenários. Em seguida foi realizada uma projeção de receitas com a comercialização de créditos de carbono. Foram estimados o VPL, o B(C)PE , a relação B/C e a TIR para a avaliação dos tratamentos. A fim de avaliar os aspectos ambientais relacionados com o sistema de manejo adotado, foram realizadas análises químicas para a determinação da quantidade de nutrientes alocados nos diversos compartimentos das árvores (copa, fuste – madeira + casca). A área de plantio necessária para atender a cada planta apresentou relação inversa com a densidade de plantio. A produção de eletricidade, nas condições específicas deste trabalho, se mostrou viável para os espaçamentos 3,0x0,5 e 3,0x1,0 em diferentes taxas de juros e para o espaçamento 3,0x1,5 na taxa de juros de 8%. Quando considerada a receita adicional proveniente da comercialização de créditos de carbono, observou-se um acréscimo da atratividade dos espaçamentos estudados, tornando viáveis os espaçamentos 3,0x1,5 e 3,0x2,0 (este último sendo viável somente para as taxas de juros de 8 e 10%). Com relação ao balanço nutricional da exploração da floresta aos 24 meses de idade, em todos os casos, observou-se que, 21 a 23% dos nutrientes estão alocados na copa, 63 a 67% estão alocados na casca e 11 a 16% estão alocados no lenho. A exploração florestal aos 24 meses de idade tem maior impacto, principalmente na exportação de P, Ca, Mg e K (em menor proporção) que apresentam maiores concentrações na casca (93,82%, 90,81%, 96,97% e 42,5% respectivamente). Considerando o balanço nutricional, a necessidade de reposição de nutrientes devido à exploração, foi inversamente proporcional à densidade de plantio. Considerando o sistema de exploração da madeira sem a casca a necessidade de reposição nutricional via fertilização é drasticamente reduzida em função do retorno proporcionado pela manutenção da biomassa de copa e da casca no sítio florestal. Isto se constitui e um indicativo de que a silvicultura com eucalipto representa um importante meio de produção de biomassa como insumo para a geração elétrica distribuída.

ABSTRACT
The main objective of this work was to show the potential of eucalypt biomass for the cogeneration of distributed electric energy by using a simulation based on a pilot eucalypt reforestation project. A research trial was established in na area belonging to ACESITA Energética, in Itamarandiba, MG, by using a statistical design of Randomized Blocks (3 replications), with Split Plots in time. The treatments consisted of 5 initial planting spacings with measurements taken at the ages of 6, 12, 18 e 24 months. Based on the production data in terms of biomass per hectare it was estimated the area needed to supply three power plants with different capacity to generate electricity (1MW, 5MW e 10MW). To evaluate the economic feasibility of those plants it was taken into consideration the establishment, tending and harvesting costs per hectare of the eucalypt plantations for each different spacing. The next step consisted in estimating the revenues obtained with the commercialization of carbon credits. The Present Net Worth (PNW), the Benefit (Cost) Periodical-Equivalent ( B(C)PE), the Benefit/Cost (B/C) and the Internal Rate of Return (IRT) were used to evaluate the treatments under the economics point of view. To evaluate the environmental aspects related to the addopted forest management system several chemical analysis were carried out to determine the amount of nutrients in different parts of the trees (crown, stem, bark). The area needed to be planted to supply each electrical facility was inversely proportional to the density of the eucalypt plantation. Electricity production for the conditions of this work was economically feasible for the initial planting spacings of 3.0 m x 0.5 m and 3.0 m x 1.0 m for different values of interest rates and for the 3.0 m x 1.5 m spacing at an interest rate of 8% per year. When considering the additional revenue accrued from the commercialization of carbon credits it was possible to note na increase of the economic feasibility of the studied initial spacings, making it possible to use also the 3,0 m x 1.5 m and the 3.0 m x 2.0 m (this last one being feasible only for the intererest rates of 8% and 10% per year). Regarding the nutritional balance during the harvesting operation of the plantations at the age of 24 months it was observed in all treatments that 21% to 23% of the nutrients were located in the crown of the trees with 7% in the bark and finally, 11% and 16% in the wood in the stem. Cropping the plantations at the age of 24 months has a greater impact mainly in the export of P, Ca, Mg and K (the last one in small proportion) which are concentrated more in the bark (93,82%, 90,81%, 96,97% e 42,5% respectively). Considering the nutritional balance the need to replace nutrients due to the harvesting of the eucalypt plantations was inversally proportional to the density of the plantation. In case of harvesting and debarking the trees in the field the need to replace nutrientes in the field is drastically reduced due to the ammount of nutrients left in the site through the bark and the crown of the trees. This work shows that short rotation eucalypt plantations with high density of trees per hectare is an important source of forest biomass to be used in the cogeneration of distributed electricity.

Veja a tese completa no link.

Banco de Teses - NEI MOREIRA

REPRODUÇÃO E ESTRESSE EM FÊMEAS DE FELÍDEOS DO GÊNERO Leopardus

Resumo
O gênero Leopardus, estudado neste trabalho, possui três espécies: o gato-do- mato-pequeno (Leopardus tigrinus), a jaguatirica (Leopardus pardalis) e o gato-maracajá (Leopardus wiedii). Essas três espécies estão incluídas na lista oficial de espécies da fauna brasileira ameaçada de extinção, publicada pelo IBAMA. Para a criação e manutenção de um banco de reserva genético em cativeiro devemos, urgentemente, aumentar a eficiência reprodutiva e diminuir a taxa de mortalidade neonatal. Assim, este trabalho visa especialmente contribuir para esse objetivo, auxiliando na conservação dessas espécies ameaçadas.

Uma série de estudos enfocou a (1) comparação entre amostras fecais secas e úmidas para análise por radioimunoensaio de esteróides em felídeos do gênero Leopardus; (2) hormônios esteróides reprodutivos e atividade ovariana em felídeos do gênero Leopardus; (3) validação de um método de enzimoimunoensaio (EIA) para a determinação de estrógeno em fezes de pequenos felídeos; (4) efeitos das condições de cativeiro nos aspectos reprodutivos e adrenocorticais em fêmeas de gato-do-mato-pequeno e gato-maracajá; (5) progestágenos, estrógenos e corticóides fecais durante gestação, parto e pós-parto em gato-do-mato-pequeno e gato-maracajá; (6) reprodução em fêmeas de pequenos felídeos sul-americanos.

Houve boa correspondência entre as concentrações de esteróides em amostras fecais secas versus úmidas entre as espécies (P < 0,05). Com base nos intervalos entre os picos de estrógeno fecal, a duração média (± erro padrão) do ciclo estral foi de 18,4 ± 1,6 dias para a jaguatirica, 16,7 ± 1,3 dias para o gato-do-mato-pequeno e 17,6 ± 1,5 dias para o gato-maracajá. Apenas as gatasmaracajá diferiram, exibindo ovulações espontâneas com maior freqüência, não induzidas por cópula. O método de EIA foi validado através da demonstração do paralelismo dos resultados com o RIA. As fêmeas de gato-do-mato-pequeno apresentaram um decréscimo na atividade ovariana e um concomitante aumento nas concentrações de cortisol, um indicativo do estresse induzido pela mudança de um recinto grande e ambientado, para um recinto pequeno e vazio. Os perfis hormonais apresentados durante gestação, parto e lactação em gato-do-mato pequeno e gato-maracajá assemelham-se muito em linhas gerais aos de outros felídeos, sugerindo que esses mecanismos sejam conservados no táxon, apesar da taxa de excreção de esteróides ser mais espécie-específica. Dessa forma, espera-se que a compreensão da fisiologia reprodutiva e do comportamento dessas espécies, possa conduzir a melhores estratégias de manejo, que resultem em diminuição do estresse e aumento do sucesso reprodutivo.

ABSTRACT
Leopardus genus, here studied, comprises three species: tigrina (Leopardus tigrinus), ocelot (Leopardus pardalis) and margay (Leopardus wiedii). These three species are included in the Brazilian official list of threatened species, published by IBAMA. For the creation and maintenance of a genome resource bank in captivity we have, urgently, toincrease the reproductive efficiency and to reduce the neonatal mortality. By this way, thisthesis especially seeks to contribute for this aim, aiding in conservation of these threatenedspecies. A series of studies focused on the (1) comparison between dry and wet fecal samples for steroid analysis by radioimmunoassay in felids of the Leopardus genus; (2) reproductive steroid hormones and ovarian activity in felids of the Leopardus genus; (3) validation of an enzimeimmunoassay (EIA) for estrogen determination in feces of small felids; (4) effects of captivity conditions on reproductive and adrenocortical aspects in tigrina and margay females; (5) fecal progestogens, estrogens and corticoids during gestation, parturition and lactation in tigrina and margay; (6) reproduction in South American small felids - females. There was a good correspondence between steroid concentrations in dried versus wet fecal samples across species (P <>

Para ver a tese completa clique aqui.

Fonte: O autor